entender os principais indicativos de performance é fundamental para melhorar a produtividade da equipe. Venha ver!

6 principais indicativos de performance do departamento jurídico

Key Performance Indicators (KPIs) são indicadores de desempenho fundamentais para qualquer empresa que busca uma gestão eficiente. As métricas são elaboradas de acordo com o que a organização pretende analisar.

O importante é que a mensuração seja padronizada e validada para que possa ser replicada a fim de fazer comparações periódicas. Já a validação é necessária para que sejam identificadas possíveis distorções, lembrando, claro, de que é preciso desenvolver também uma visão qualitativa dos processos.

Neste artigo, vamos demonstrar como utilizar os KPIs do departamento jurídico e apresentar seu conceito. Boa leitura.

Receba o artigo completo com exemplos e contas aqui:

 

Como utilizar os KPIs do departamento jurídico?

1. Custo

Se o objetivo é avaliar os custos do departamento jurídico de forma detalhada, é possível calcular, por exemplo, qual é a despesa por profissional ou por dias de trabalho. O modelo é exemplificativo, você pode usar as referências que considerar mais adequadas para a análise, como tipo de despesa (material específico, combustível etc.) ou períodos maiores ou menores (hora, semestre, ano). Vamos demonstrar como calcular o custo mensal por funcionário e por dias de trabalho:

Custo por funcionário = despesas com departamento / número de colaboradores

Custo por dias de trabalho = despesas com o departamento / dias

2. Resultado financeiro

Todas as áreas da empresa tem seu próprio “faturamento”. Há um custo para manutenção do setor, assim como as entregas feitas por ele revertem resultados que podem ser mensurados financeiramente. Utilizando o retorno líquido do departamento (resultado financeiro menos as despesas) é possível apurar a média de contribuição de cada colaborador ou do setor como um todo (em dias trabalhados, por exemplo) utilizando os cálculos:

Retorno líquido por funcionário = (resultado financeiro – custos) / número de profissionais

Retorno líquido por dias trabalhados = (resultado financeiro – custos) / dias

 

3. Produtividade

Esse indicador pode apontar quanto é a produtividade de acordo com parâmetros que se pretende analisar, como:

Produtividade por funcionário = tarefas totais realizadas / número de profissionais

Produtividade por horas trabalhadas = horas trabalhadas / quantidade entregue

Produtividade por retorno financeiro = receita líquida do departamento / número de profissionais

Uma empresa em que a atividade principal do departamento é o compliance jurídico (análise de conformidade interna e externa), mas que se dedica, também, a tarefas adicionais como consultar a tramitação de processos ou responder às demandas de outras áreas da empresa.

 

Atente para o fato de que é o cálculo pode ser aplica para cada profissional. Outra observação importante a ser feita é a de que o tempo dedicado a concluir a atividade pode ter sofrido interferência de outras tarefas. Isso pode estar comprometendo o tempo, de fato, empregado na atividade assim como o número de atividades concluídas.

4. Prazo

O desvio de prazo indica o percentual de atrasos (ou antecipações) na realização de uma determinada tarefa. Dessa forma, a empresa pode auferir qual é a realidade para cada projeto realizado e ao final de um período que se pretende analisar é possível fazer a média geral. O cálculo é o seguinte:

Desvio de prazo = término real da atividade – término planejado / prazo total planejado x 100

 

5. Tempo de trabalho por atividade

Esse é um indicador que demonstra o percentual de tempo gasto para cada tipo de atividade realizada pelo departamento. Assim, dentre as tarefas que a equipe desempenha em um determinado período (jornada diária, semana, mês etc.) é possível verificar quanto tempo do total foi dedicado em cada uma das funções.

A aplicação dessa métrica pode ajudar a organização a rever práticas, reorganizar as atividades e reduzir o tempo com tarefas pouco estratégicas, entre outras possibilidades. O cálculo padrão, abaixo, pode ser aplicado tanto para a jornada diária de um único trabalhador quanto para o conjunto da equipe dentre de um determinado período de trabalho que se pretende avaliar. Adapte para a sua realidade e necessidades de avaliação.

Percentual de tempo de trabalho por atividade = atividade / jornada de trabalho x 100

6. Satisfação

Essa é uma análise qualitativa, baseada na satisfação dos colaboradores ou dos clientes. Devem ser aplicados questionários adaptados à sua realidade, com pontuações. É importante que essa métrica seja bem formula para que se possa replicá-la periodicamente para acompanhar a evolução a partir de mudanças adotadas.

Conhecendo esses seis indicadores, você já deve ter reparado que é fundamental ter um controle das atividades do departamento como um todo, como tempo gasto com tarefas, rastreabilidade dos processos, identificação de falhas ou irregularidades. É possível utilizar um sistema de Enterprise Content Management(ECM) para fazer esse controle.

Para fazer o melhor uso dos KPIs do departamento jurídico lembre-se de formulá-los com atenção e de checar se a aplicação dos indicadores é eficiente, em relação aos resultados apresentados, e justa, no caso da avaliação dos profissionais.

Se você gostou deste conteúdo, considere baixar o e-book. Com tópicos mais completos, contas e exemplos:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *