ICEI inicia 2024 com avanço do otimismo

31/01/2024
Leitura em: 5 minutos
icei-inicia-2024-com-avanco-do-otimismo

Resultado da nova edição do ICEI apontada retomada otimista para este ano. Saiba mais na nossa análise!

Em janeiro de 2024, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) avançou 2,2 pontos, de 51 pontos para 53,2 pontos. Segundo a metodologia, quando o índice está acima dos 50 pontos indica que os empresários do setor estão confiantes.

Portanto, a indústria começa o ano confiante e, com o avanço, a segurança se mostra mais intensa e disseminada que ao final de 2023. Ainda abaixo da média histórica, mas em direção aos 54 pontos. Acompanhe nossa análise a seguir. 

Overview do Índice de Confiança do Empresário Industrial

O crescimento do índice de confiança, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), representa o segundo mês consecutivo de expansão da confiança no setor industrial. Esse comportamento do índice revela uma tendência positiva na percepção dos empresários. 

O avanço do índice no mês de janeiro foi possível graças à melhora tanto no componente de condições atuais, quanto de expectativas. Contudo, é fundamental destacar que as expectativas permanecem em patamar superior às condições atuais.

ICEI e as condições atuais

O Índice de Condições Atuais avançou 1,5 ponto, para 48,3 pontos, mesmo patamar de janeiro de 2023. Ao permanecer abaixo da linha divisória de 50 pontos, ele continua a indicar percepção de piora das condições atuais. A piora, no entanto, é menos intensa e disseminada que a de dezembro, avaliam os empresários. 

Ao decompor a avaliação das condições atuais em seus dois componentes, quais sejam, a economia brasileira e a empresa, nota-se que os empresários estão mais otimistas com a empresa em janeiro de 2024 do que há um ano. Contudo, o comportamento não é o mesmo para a economia brasileira, que está 1 ponto menor que há um ano (44,6 pontos).  

ICEI e as expectativas

O Índice de Expectativas avançou 2,6 pontos, para 55,7 pontos. Acima da linha divisória dos 50 pontos, o número renova o otimismo da indústria para os próximos seis meses. De modo geral, o componente de expectativas é sensivelmente melhor do que há um ano, quando registrou 48,8 pontos. 

Em particular, as expectativas sobre a economia brasileira deixaram o campo pessimista na passagem de dezembro de 2023 para janeiro de 2024, quando registrou avanço expressivo de 46,3 pontos para 50,1 pontos. Em janeiro de 2023, o índice de expectativas em relação à economia nacional era de quase 10 pontos a menos (41,5) do que atualmente (50,1). 

A expectativa para as empresas nos próximos seis meses alcançou patamares ainda mais elevados e alcançou os 58,5 pontos neste início de ano. 

O que esperar do ICEI?

Apesar do ICEI, as expectativas para 2024 ainda são otimistas. Ao observar o Boletim Focus do Banco Central do Brasil, que reúne as projeções de bancos e consultorias de todo o Brasil, nota-se que há um cenário benigno pela frente para boa parte dos analistas. 

Espera-se que a atividade econômica cresça 1,6% em 2024. Há quatro semanas, a expectativa era de 1,52%. Parte importante desse crescimento decorre do desempenho do mercado de trabalho e do setor externo. Nesse contexto, é necessária cautela redobrada com operações de crédito, contratos de financiamento, seguros e outros produtos financeiros.

O setor tem demonstrado potencial de crescimento via setor externo e há chances de crescimento via consumo interno. Atentar-se às estruturas de financiamento da empresa pode ser o diferencial para aproveitar esse momento sem comprometer o futuro do negócio. 

Com tudo isso em vista, podemos esperar a melhora contínua do ICEI e, consequentemente, do setor industrial nos próximos meses.

Deixe um comentário:

    Neste site usamos cookies para sua melhor experiência. Para mais informações, leia nossa Política de Cookies.
    Cadastrado com sucesso!