Incorporação imobiliária: superando os desafios jurídicos

12/02/2020
Leitura em: 5 minutos
Categorias:
Incorporação imobiliária

A incorporação imobiliária é repleta de desafios jurídicos, isso porque há uma extensa documentação envolvida, assim como inúmeras questões procedimentais que devem seguir muitas leis.

Independente dos desafios que a incorporação imobiliária possa enfrentar, ela pode trazer diversidade e ampliar o portfólio de produtos e serviços do segmento. Afinal, investir em empreendimentos imobiliários rentáveis, capazes de proporcionar um retorno mais ágil, é uma boa opção para conquistar vantagem competitiva.

Pelo fato de ser uma questão mais complexa, é preciso entender do que realmente se trata a incorporação imobiliária, como são seus procedimentos e o que é necessário para atuar dentro da legislação, superando os desafios jurídicos atuais. 

O que é e como ocorre a incorporação?

Basicamente, a incorporação imobiliária consiste no processo pelo qual uma pessoa física ou jurídica desenvolve um empreendimento. A organização, ou pessoa, que promoveu a construção e que efetuou a venda das unidades, é chamada de incorporadora.

As unidades do condomínio a ser formado poderão ser vendidas, mesmo se ele ainda não existir fisicamente. É possível vender as unidades condominiais com segurança jurídica e levantar valores para a construção. Porém, para que a comercialização seja possível, é fundamental que o Registro de Incorporação seja efetuado. 

Durante o processo da incorporação imobiliária, alguns cuidados devem ser tomados. Na dúvida, é melhor contar com o seu departamento jurídico, ou seja, por ser um procedimento que envolve certa complexidade, é recomendável se ter a assessoria especializada, a fim de facilitar os trâmites e o registro.

Para o processo acontecer, é necessário o registro de incorporação no Cartório Geral de Imóveis, contendo todas as informações pertinentes ao empreendimento e às unidades condominiais. Somente após o registro, as unidades poderão ser comercializadas.

Durante esse processo, é necessário reunir uma extensa lista de documentos que consta no Art. 32 da Lei de Incorporação Imobiliária. Entre esses documentos, pode-se citar a matrícula do imóvel, dados técnicos do empreendimento, a convenção do condomínio a ser formado, entre outros. 

Superando os desafios jurídicos

O desafio de administrar recorrentemente um grande número de documentos, ainda se faz presente na área jurídica. Diante disso, o setor jurídico deve ficar atento para se beneficiar das inovações tecnológicas e se tornar mais eficiente no atendimento aos clientes e às demandas cotidianas.

Neste mercado, que se torna cada vez mais competitivo, as mudanças tecnológicas contribuem na otimização de todos esses processos, objetivando mais agilidade e cumprimento de prazos de maneira eficaz. 

A Docket, que é especializada em busca, pré-análise e gestão de documentos em todo o Brasil, disponibiliza uma tecnologia exclusiva para garantir a busca dos documentos com até 80% mais rapidez e a pré-análise das matrículas de imóveis com 93% de acurácia.

Memorial de incorporação

O memorial de incorporação imobiliária tem como principal objetivo apresentar maiores garantias ao comprador final de um imóvel e é obrigatório pela lei 4.591/1964.

Quando um memorial é registrado, o comprador tem maiores garantias de que aquele imóvel será construído de acordo com o que foi registrado na matrícula e que este será entregue. 

Se todos os documentos estiverem em ordem, o cartório tem até 30 dias para efetuar o registro do memorial. Caso alguma pendência seja identificada, um novo pedido de registro deve ser solicitado, com mais 30 dias de prazo. Em razão disso, é fundamental ter certeza de que todos os documentos estejam adequados e completos, garantindo velocidade à sua operação.

Através da tecnologia, a Docket é capaz de auxiliar em todas as etapas do memorial de incorporação imobiliária. Além disso, também é possível acompanhar, em tempo real, todos os pedidos de documentos e certidões utilizados na incorporação, incluindo CNDs, Certidões de Distribuição (Cíveis, Fiscais), Matrículas, Escrituras do imóvel ou terreno, entre outros.

Buscar

Sobre a Docket

Somos uma startup que realiza a busca, gestão e pré-análise de documentos e certidões. Com tecnologia avançada e inovadora, otimizamos os processos jurídicos de empresas de vários segmentos. Atuamos como facilitadores para nossos clientes, pois reduzimos o custo e o prazo com demandas de documentação de todo o Brasil.

Na mídia

Conheça a Docket a startup que está revolucionando o mundo jurídico

Confira o que os principais meios de comunicação do mundo têm falado sobre a nossa solução e como a tecnologia da Docket tem revolucionado o universo jurídico e as operações que envolvem documentos.

Deixe um comentário:

Você também pode gostar

O que é crédito associativo na construção civil?


Neste conteúdo, você vai entender o que é o crédito associativo e como ele funciona. Vai conhecer a sua diferença em relação a outros créditos e quais as vantagens para incorporadoras e construtoras nesse tipo de adesão.

Safra 2021/2022: um plano cada vez mais verde


O setor do agronegócio se mantém firme como o principal componente do PIB brasileiro. Confira as previsões para a safra 2021/2022!

Entenda o que é a gestão de risco no agronegócio


O Brasil é uma potência, sendo um dos principais players no mercado global de commodities agrícolas, com destaque para açúcar, suco de laranja, proteína animal, milho e soja. Para garantir esse desenvolvimento e crescimento, a gestão de risco no agronegócio é fundamental. Entenda melhor como acontece esse processo.

Startup acelerada por:

Google Developers Launchpad
Empresa participante do Scale Endeavor Up

4º Lugar no
LinkedIn Top Startups 2018

Top Startups Linkedin Brasil 2018

Selecionada para o Ranking

100 Startupst to watch 2019

Startup investida por:

Kazek
Canary
ONEVC
Valor Capital
Wayra
Neste site usamos cookies para sua melhor experiência. Para mais informações, leia nossa Política de Cookies.
Cadastrado com sucesso!