Política de Cookies

Written by 18:47 Agronegócio

Inteligência artificial no agronegócio: 5 tendências para 2024

inteligencia artificial no agronegocio

Com a crescente do uso da inteligência artificial no agronegócio, separamos algumas tendências para o próximo ano do uso dessa tecnologia.

O agronegócio pode responder, até o final de 2023, a 24,4% do PIB do Brasil. Os dados são do Cepea/CNA, que indicam que o PIB do setor pode chegar a R$ 2,63 trilhões até o final deste ano.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também traz resultados positivos para a produção de grãos 2022/2023. No entanto, especialistas ouvidos pelo G1 acreditam que é preciso cautela por conta de temas sensíveis ao agronegócio.

Entre os pontos destacados, temos dois assuntos relevantes. O primeiro são as mudanças climáticas, que impactam diretamente a produção e colheita.

Por outro lado, o médio e pequeno produtor não consegue investir e utilizar tais tecnologias por falta de capital e conhecimento suficientes.

É aí que entra a inteligência artificial no agronegócio como um recurso potente para tornar mais democrático e ágil alguns processos. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os avanços tecnológicos na área conseguiram aumentar em 59% a produção agrícola entre 1975 e 2015 (G1).

Dados projetados pela Markets & Markets mostram que o investimento no setor deve superar os US$ 4 bilhões até 2026. Esse cálculo leva em consideração que a produção mundial de alimentos aumentará 60% no mesmo período, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

Entendendo a dinâmica do mercado e as tendências do uso da inteligência artificial, separamos 5 formas que a tecnologia vai impactar o setor em 2024.

Automatização e Eficiência Operacional

A inteligência artificial no agronegócio está simplificando o processo agrícola ao automatizar tarefas repetitivas e otimizar processos operacionais.

Sistemas de monitoramento inteligentes podem coletar dados em tempo real sobre condições climáticas, qualidade do solo e saúde das plantas. Essas informações alimentam algoritmos de aprendizado de máquina, permitindo a tomada de decisões mais rápidas e precisas.

A automação na agricultura pode aumentar a eficiência operacional em até 20%, reduzindo significativamente os custos de produção.

Otimização do Uso de Recursos com inteligência artificial no agronegócio

A escassez de recursos naturais, como água e energia, é uma preocupação global. Os resultados provenientes da inteligência artificial no agronegócio gera um papel vital na gestão eficiente desses recursos, garantindo que sejam usados de maneira sustentável.

Nesse sentido, sistemas de irrigação baseados em IA podem reduzir o uso de água e aumentar a produtividade agrícola. Assim, a tecnologia irá contribuir para um melhor aproveitamento dos recursos.

Previsão e Mitigação de Impactos Climáticos

Como sabemos, as mudanças climáticas apresentam desafios imprevisíveis para a agricultura. Ao adotar o uso de inteligência artificial no agronegócio, temos soluções inovadoras que geram modelos de previsão climática avançados e, consequentemente, ajudam os agricultores a antecipar eventos climáticos extremos e a adaptar suas práticas para minimizar danos.

Agricultura de Precisão

A implementação da agricultura de precisão adapta as práticas agrícolas às características específicas de cada parcela de terra. 

Drones equipados com tecnologia de visão computacional e algoritmos de inteligência artificial podem mapear a saúde das plantas, identificar doenças precocemente e otimizar a aplicação de fertilizantes.

Em matéria publicada no G1, Paulo César Schlatter Matsumoto, diretor de produção do Grupo Matsumoto, explica que, com o uso dessas tecnologias, foi possível  identificar de forma detalhada toda a área de produção, identificando as deficiências e melhorias necessárias. Isso ajudou a acelerar processos e tornar mais eficiente o trabalho de plantio e manutenção da colheita.

Aceleração de operações de crédito com inteligência artificial no agronegócio

Além do impacto no dia a dia da operação de campo, a inteligência artificial no agronegócio pode ajudar dentro de escritórios com a simplificação e aceleração dos processos que são considerados burocráticos.

Atualmente, na Docket o processo de leitura e extração de dados de documentos necessários para a liberação de crédito para os produtos ajudaram a reduzir em 75% o tempo do trabalho, e derrubou de 45 para 10 dias o tempo de resposta para essas operações. Clique aqui e conheça mais do que a Docket pode oferecer para o setor.

A inteligência artificial está remodelando a agricultura, oferecendo soluções inovadoras para enfrentar os desafios dos próximos anos.

Portanto, ao equilibrar eficiência operacional com simplificação de processos e pensar na sustentabilidade, a inteligência artificial no agronegócio promete uma revolução que não apenas aumenta a produção, mas também pensa no futuro do setor.

Visited 1.576 times, 1 visit(s) today