5 dicas para melhorar os processos com documentos

24/08/2020
Leitura em: 5 minutos
Categorias:
5 dicas para melhorar os processos com documentos

Documentos que são complexos na busca e precisam passar por várias pessoas e áreas da empresa podem ter processos mais longos e, muitas vezes, demorados. Os contratos, por exemplo, são redigidos por um determinado setor, que repassa para revisão e aprovação de demais pessoas, antes de serem enviados para posterior assinatura e futuramente registro.

Essas situações de demoras e atrasos podem ser resolvidas por meio da organização do fluxo de documentos que a empresa pratica rotineiramente. 

Com base nisso,  separamos 5 dicas para melhorar processos com documentos na sua empresa, para que haja mais agilidade, eficiência e pontualidade nas operações.

1- Separe os documentos de acordo com o uso

Para começar a melhorar os processos com documentos, a primeira dica é classificá-los e separá-los conforme seu uso. Separar os que devem ser guardados de forma física (como contratos e documentos assinados), os que podem ser arquivados em meios eletrônicos (como fichas cadastrais) e as cópias que não precisam ser guardadas, ou seja, que podem ser digitalizadas ou descartadas.

Isso permite que o processo de identificação se torne mais fácil, economizando tempo para os funcionários da empresa. 

2- Organize a guarda física 

A organização dos documentos que não podem ser descartados, deve ser adequada, por isso, centralizar os mesmos em apenas um local, é a melhor solução a ser tomada. 

Dependendo do porte da empresa, um simples armário com chaves é o suficiente para armazenar toda a documentação, desde que o móvel permita o acondicionamento adequado dos papéis.

Sendo assim, o ideal é que todos os documentos sejam organizados em um local específico, evitando que os profissionais percam tempo buscando os papéis em diversos lugares. 

Confira nossas dicas para guardar documentos e as técnicas de arquivamento.

3- Defina um método de identificação 

Uma sugestão é criar um método para sumarizar as pastas em que serão arquivados os documentos, como por exemplo: por assunto, nome ou data. Se, ainda assim, eles somarem uma grande quantidade, é melhor que o acesso a eles seja dado a somente uma pessoa, que se tornará responsável por eventuais consultas ou novos armazenamentos. 

Não identificar os documentos aumenta o tempo de consulta aos mesmos e pode gerar perdas para o negócio, uma vez que atrasa a tomada de decisões e, em casos mais graves, provoca a cobrança de multas fiscais. 

4- Plataformas de gestão de documentos

A tecnologia pode ser uma grande aliada na organização dos documentos de uma empresa. Digitalizar tudo, inclusive aquilo que ainda precisará ficar arquivado fisicamente, pode levar a uma maior velocidade e comodidade ao realizar buscas, além de obter sempre uma cópia extra. 

Outra opção, é obter uma plataforma on-line de gerenciamento de documentos e processos eletrônicos, gerando economia por meio da padronização e otimização dos processos de trabalho, possibilitando a organização da documentação de várias unidades de negócios e de variados setores. Em uma mesma plataforma, é possível arquivar, editar e consultar todos os documentos, garantindo total controle e privacidade. 

O ideal é optar pelo uso de um software com dashboards que facilitem sua visualização de forma segura e rápida. Assim, você terá um backup dos papéis da empresa sempre acessíveis e não corre o risco de perder informações importantes. 

5- Descarte os papéis 

Manter os documentos em papel é significado de prejuízo, tanto para a empresa, quanto para o meio ambiente. Ao realizar a gestão virtualmente, a empresa poupará valores e desocupará espaços que poderiam ser utilizados para a realização de outras atividades. 

No caso de documentos fiscais, entretanto, não se esqueça da regra da temporalidade: eles devem ser guardados por certo tempo (de acordo com o que dita a lei) e só depois podem ser descartados. 

Gostou dos nossos conteúdos? Então conheça nosso site e assine nossa newsletter!

Buscar

Sobre a Docket

Somos uma startup que realiza a busca, gestão e pré-análise de documentos e certidões. Com tecnologia avançada e inovadora, otimizamos os processos jurídicos de empresas de vários segmentos. Atuamos como facilitadores para nossos clientes, pois reduzimos o custo e o prazo com demandas de documentação de todo o Brasil.

Na mídia

Conheça a Docket a startup que está revolucionando o mundo jurídico

Confira o que os principais meios de comunicação do mundo têm falado sobre a nossa solução e como a tecnologia da Docket tem revolucionado o universo jurídico e as operações que envolvem documentos.

Deixe um comentário:

Você também pode gostar

3 passos para a abertura de filial na junta comercial


Abrir uma filial na junta comercial tem algumas diferenças, caso o estado da matriz não seja o mesmo da filial. Veja o passo a passo completo.

Guia completo: Certidão de Cadeia Sucessória


A Certidão de Cadeia Sucessória traz o levantamento junto ao Cartório de Registro de Imóveis das informações sobre transmissões de propriedade, em um período determinado.

Tudo sobre a Certidão de Penhor do Livro 03


Com este artigo você vai aprender os conceitos de certidão de penhor, matrícula de imóveis e tudo sobre o Livro 03 de Registros Auxiliares.

Startup acelerada por:

Google Developers Launchpad
Empresa participante do Scale Endeavor Up

4º Lugar no
LinkedIn Top Startups 2018

Top Startups Linkedin Brasil 2018

Selecionada para o Ranking

100 Startupst to watch 2019

Startup investida por:

Kazek
Canary
ONEVC
Valor Capital
Wayra
Neste site usamos cookies para sua melhor experiência. Para mais informações, leia nossa Política de Cookies.
Cadastrado com sucesso!