Written by 17:41 Agronegócio, Operações

Como reduzir a inadimplência no Barter?

O pagamento em dia é a base do crescimento e desenvolvimento de um negócio. Confira dicas para reduzir a inadimplência no Barter.

Como reduzir a inadimplência no Barter?
Trator no campo de trigo.

A inadimplência consiste, basicamente, na falta de pagamento na data de vencimento, ou seja, quando um cliente não o efetua, se torna um inadimplente. Podemos considerar que um dos maiores desafios é manter a inadimplência baixa.

A melhor forma de reduzir a inadimplência no Barter é evitando-a. Nessa perspectiva, planejamentos e atitudes devem ser tomadas pela empresa para conseguir uma maior margem de pagamento e consequentemente, maiores margens nas negociações. 

Vender é significativo, mas receber é fundamental para custear os gastos e obter lucros. 

Inadimplência

É de extrema importância que não se deixe a inadimplência se tornar algo comum ou enraizado no negócio.

Existem diversos métodos que podem ajudar na redução de clientes que não pagam pelo produto ou serviço e que podem ajudar na organização dos seus processos de cobrança, auxiliando a saúde financeira da empresa.

No Barter 

A operação Barter é realizada por empresas que fornecem insumos agrícolas, como maquinários e fertilizantes, em troca de produtos agropecuários do produtor rural, geralmente com entrega no momento da colheita. Esse processo traz inúmeros benefícios para as empresas fornecedoras e para os produtores, que conseguem dar sequência à safra.

As empresas fornecedoras escolhem a maneira como vão trabalhar. Essas variações precisam estar de acordo com as políticas internas da empresa, normalmente relacionadas às áreas comerciais e de crédito. 

O pagamento em dia é a base do crescimento e desenvolvimento de um negócio. Por isso, não devem ser medidos esforços para reduzir a inadimplência no Barter.

Além disso, a inadimplência pode indicar fatores que não estavam tão claros ou que passaram despercebidos. 

Gestão de Risco

A gestão de risco trata de todas as incertezas do negócio, por isso, é considerada o primeiro passo para reduzir a inadimplência no Barter. É necessário planejar, organizar e gerenciar todos os recursos, sejam eles financeiros, materiais ou humanos. Reduzindo, assim, os efeitos e os riscos existentes dentro da empresa e o aproveitamento de novas oportunidades.

Basicamente, a metodologia defende que quanto mais dúvidas, maiores são as oportunidades e, consequentemente, os riscos envolvidos, incluindo a inadimplência.

Avaliação das garantias

Se você pudesse olhar para todo o histórico de produção dos seus clientes, isso facilitaria seu trabalho de concessão de crédito?

O pré-financiamento baseado no histórico de safra de um novo produtor responde essa pergunta. Inúmeras informações essenciais para a avaliação do limite de crédito são obtidas com base em todo o histórico de imagens de satélite existentes sobre uma propriedade.

Hoje em dia, é possível realizar a captação de imagens e a análise com inteligência artificial. Com ela, é possível processar bilhões de pixels a cada mês e avaliar uma área no pré-financiamento quando monitorar suas garantias, indiferente de sua área, a cada 3 dias.

Automatização

Controlar e reduzir a inadimplência é um processo contínuo e importante, por isso, para ganhar tempo e economizar custos, o segredo é automatizar ao máximo os processos.

A tecnologia pode ajudar muito na operação Barter. Para implementar qualquer tipo de automação em qualquer departamento, é fundamental compreender cada um dos processos desenvolvidos e quais são as possibilidades de melhorias.

A Docket, é capaz de ajudar na segurança, velocidade e assertividade dos documentos, que darão validade jurídica para a aprovação da operação. Com os documentos certos entregues, é verificado e garantido que a safra não está penhorada, além de ser possível fazer a análise de crédito do produtor da melhor forma. 

Quer ter acesso a mais dicas como essa? Acesse nossa newsletter!

Visited 1 times, 1 visit(s) today