O que é necessário para fazer um financiamento imobiliário?

10/08/2021
Leitura em: 8 minutos
Categorias:
 Confira o que é necessário para fazer um financiamento imobiliário.
Confira o que é necessário para fazer um financiamento imobiliário.

TL,DR: Neste artigo, temos como principal objetivo explicar o que é necessário para fazer um financiamento imobiliário, os documentos fundamentais para esse tipo de operação de crédito, bem como é possível otimizar os fluxos operacionais desse cenário. 

Veja os destaques desse material: 

– Financiamento imobiliário em 2021;  

– O que é necessário para fazer um financiamento imobiliário?;

– Um financiamento imobiliário pode ser reprovado?;

– Quais são os maiores desafios no financiamento imobiliário?;

– Como a Docket simplifica o financiamento imobiliário. 

Boa leitura! 

Financiamento imobiliário em 2021

Apesar da máxima que diz “quem sonha tem pressa”, realizar a compra da casa própria à vista é uma possibilidade palpável apenas para minoria dos brasileiros. Isso porque reunir economias e investir em um imóvel não é uma tarefa simples. Sendo assim, muitos recorrem ao pagamento parcelado.

Para você ter uma ideia, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), em junho de 2021, foram financiados 86,2 mil imóveis, totalizando 17,8% a mais que em maio deste ano. Comparado a junho do ano passado, foi apresentado um aumento de 160%.

Com números tão expressivos e taxas de juros atrativas, a verdade é que o contrato de financiamento imobiliário caiu nas graças de cidadãos de norte a sul do país. A procura por esse tipo de operação de crédito é tamanha que o G1 aponta, inclusive, que é esperado que o ano de 2021 feche com um crescimento de 57%, chegando a R$ 195 bilhões, um novo recorde para entrar na história.

O que é necessário para fazer um financiamento imobiliário?

Mesmo com um alto índice de procura, o acesso ao financiamento imobiliário precisa ser validado por meio de uma série de procedimentos. Primeiramente, é fundamental para aprovação de crédito atestar a idoneidade cadastral, isto é, confirmar que o nome do solicitante está limpo e sem pendências fiscais ou com a Previdência Social.

O financiamento imobiliário é aprovado após uma análise minuciosa de diversos documentos e certidões. Sendo assim, vale ressaltar que em cada instituição financeira, como bancos e cooperativas, os documentos variam de acordo com as normas vigentes. Contudo, geralmente, são requisitados os seguintes documentos:

– Matrícula de Imóvel Atualizada com Ônus Reais e Ações Reipersecutórias;

– Título de Propriedade do Terreno;

– Certidão Negativa de Débitos (CND) do INSS;

– Certidão Negativa de Débitos de Tributos e Contribuições Federais;

– Certidão de Distribuição de Ações Cíveis;

– Documento de Identidade (RG);

– CPF;

– Certidão de Nascimento ou Casamento;

– Comprovante de Residência;

– Holerite mais recente;

– Carteira de Trabalho;

– Comprovante de Imposto de Renda.

Um financiamento imobiliário pode ser reprovado?

É bem provável que a instituição de crédito reprove o financiamento imobiliário caso o nome do solicitante esteja com status negativo. Isso significa que a pessoa em questão está com débitos ativos nas principais praças, como o Serasa e o SPC.

O nome negativado pode sinalizar que a saúde financeira de quem pretende financiar não está bem. Sendo assim, é um forte indício de que aprovar a operação seja uma ação de alto risco para a instituição de crédito. 

Do outro lado da mesma moeda estão o imóvel e a pessoa que o está ofertando para venda. Ambos também serão analisados pela instituição financeira previamente para garantir que não existam obrigações e ônus que possam atrapalhar o fechamento do contrato. Além disso, existem casos em que o banco estabelece que o imóvel oferecido como garantia é insuficiente para avalizar o crédito. 

Portanto, podemos destacar como principais reprovadores do financiamento imobiliário:

– Débitos com a Receita Federal;

– Possuir histórico de crédito negativo;

– Registro em cadastro de inadimplentes;

– Renda não compatível com o valor do imóvel;

– Ter outros financiamentos que prejudicam a renda total.

Quais são os maiores desafios no financiamento imobiliário?

Como podemos observar no tópico anterior, a instituição financeira que está concedendo o financiamento imobiliário precisa acompanhar com bastante atenção cada passo da operação, bem como todas as partes envolvidas no procedimento. 

São tantos detalhes e documentos envolvidos que, normalmente, a agilidade do fluxo da esteira do financiamento imobiliário é travada pela burocracia. Isso porque a maioria das instituições fazem a análise de forma manual, abrindo margem para diversos erros no processo, como a perda de dados importantes e informações conflitantes que fazem com que a operação demore mais do que deveria. 

Diante da morosidade na operação, a instituição tem a experiência do seu próprio cliente impactada negativamente. Outro ponto importante é que fazem parte do processo de financiamento certidões e documentos que possuem data de validade, o que acaba culminando em retrabalhos dos colaboradores da empresa. 

 Tudo o que você precisa saber sobre transformação digital no financiamento imobiliário.

Como a Docket simplifica o financiamento imobiliário

A Docket traz ao mercado infraestrutura e tecnologia para que grandes corporações sigam em frente por um caminho livre de entraves burocráticos. Sendo assim, a startup investe em inovação para otimizar o tempo investido na gestão de documentos em empresas dos maiores setores do país, inclusive instituições financeiras, como bancos e cooperativas. 

Acompanhando as principais necessidades das instituições que concedem financiamento imobiliário, a Docket desenvolveu o Shopping de Documentos. Uma plataforma 100% digital que, além de centralizar toda a gestão de dados e operações, oferece um dashboard para geração de relatórios completos. Portanto, por meio do Shopping de Documentos, corporações por todo o Brasil têm uma visão geral do fluxo de documentos na plataforma e acesso a diversas funcionalidades. 

Confira três funcionalidades do Shopping de Documentos que impulsionam a produtividade nesse cenário:

1- Recorrência

Grande parte dos documentos que fazem parte do processo de financiar um imóvel têm prazo de validade e precisam ser atualizados. Sendo assim, com a funcionalidade “Recorrência” ativada, é possível solicitá-los novamente de maneira automática, simplificando os pedidos de documentos frequentes. 

2- Kits

Com a funcionalidade “Kits”, é possível salvar o modelo padrão de documentos que são solicitados para o financiamento imobiliário. Dessa forma, é possível organizar grandes volumes de documentos, além de garantir a segurança das informações, redução de erros e economia de infraestrutura.

3- Grupos

“Grupos” é uma funcionalidade que permite a criação de grupos e que sejam determinados critérios de privacidade e permissionamento. Além disso, garante a segurança das informações e o gerenciamento de custos, que podem ser discriminados por departamentos de uma unidade, ou mesmo por diferentes filiais da empresa.

A transformação digital da Docket está nas maiores corporações do Brasil.

Acompanhe nossos conteúdos e descubra como podemos simplificar a rotina corporativa da sua empresa. 


Buscar

Sobre a Docket

Somos uma startup que realiza a busca, gestão e pré-análise de documentos e certidões. Com tecnologia avançada e inovadora, otimizamos os processos jurídicos de empresas de vários segmentos. Atuamos como facilitadores para nossos clientes, pois reduzimos o custo e o prazo com demandas de documentação de todo o Brasil.

Na mídia

Conheça a Docket a startup que está revolucionando o mundo jurídico

Confira o que os principais meios de comunicação do mundo têm falado sobre a nossa solução e como a tecnologia da Docket tem revolucionado o universo jurídico e as operações que envolvem documentos.

Deixe um comentário:

Startup acelerada por:

Google Developers Launchpad
Empresa participante do Scale Endeavor Up

4º Lugar no
LinkedIn Top Startups 2018

Top Startups Linkedin Brasil 2018

Selecionada para o Ranking

100 Startupst to watch 2019

Startup investida por:

Kazek
Canary
ONEVC
Valor Capital
Wayra
Neste site usamos cookies para sua melhor experiência. Para mais informações, leia nossa Política de Cookies.
Cadastrado com sucesso!