Startup desenvolve tecnologia para a Cédula de Produto Rural – CPR

29/06/2021
Leitura em: 10 minutos

Conheça a plataforma que transforma toda a jornada da CPR, de ponta a ponta.

Conheça a CPR Docket

Desde 2016, a Docket fornece toda a infraestrutura e tecnologia para operações que dependem de documentos, de ponta a ponta. Com foco principal em enterprises dos principais setores da economia nacional, como agronegócio, construção civil e financeiros, a startup desenvolve soluções com a missão de desburocratizar o Brasil, levando mais celeridade à esteira burocrática e inúmeros benefícios a seus clientes e parceiros.

Com forte atuação no agronegócio, a startup conta com mais de 700 usuários do setor ativos na plataforma, espalhados em mais de 75% dos municípios brasileiros, especialmente na região do Matopiba. 

Aproveitando a  entrada em vigor da Lei nº 13.986/2020, popularmente conhecida como a Nova Lei do Agro, que traz a CPR Digital, a Docket lança a primeira e única plataforma com tecnologia para transformar toda a jornada da CPR,de forma 100% digital, de ponta a ponta.

De acordo com o CTO e co-fundador da Docket, Rodrigo Lopes, as expectativas do novo produto são de potencializar e ajudar o crescimento do agronegócio: “entendemos que o agronegócio é a força motora da economia brasileira. Por outro lado, a sua esteira de formalização é extremamente complexa, morosa e prejudica a competitividade do setor. A CPR Docket traz uma tecnologia que promove uma inovação disruptiva de todo o fluxo, otimizando a experiência de cada ponta, dando tanto ao produtor, quanto ao financiador, a oportunidade de focar na expansão do seu negócio”.

Continue lendo este artigo e descubra como a CPR Docket é capaz de inovar todo o fluxo da CPR, marcando história no agronegócio nacional.

Como funciona a jornada de obtenção da CPR atualmente

Para que se tenha uma ideia, atualmente há uma demora de cerca de 90 dias para a formalização da CPR. Além disso, as dificuldades e os entraves burocráticos são tantos, que quase 40% dos produtores rurais nunca tiveram acesso ao crédito, como aponta uma pesquisa da Confederação Nacional de Agricultura, CNA. 

O primeiro passo para a emissão da CPR se inicia quando o produtor rural vai ao banco, trading ou cooperativa solicitar a abertura da cédula de produto rural.

Em contrapartida, o time comercial da instituição financeira deve pedir que o produtor realize a busca por uma série de documentos, que atenda a todos os requisitos para a análise de risco, como a matrícula atualizada de imóvel rural, certidão de dados cadastrais, certidão negativa de tributos imobiliários, certidão de distribuição criminal, licenças ambientais, além dos documentos relacionados às garantias.

Neste primeiro momento já é possível observar os impactos nos índices de satisfação do cliente, que muitas vezes não tem expertise para a obtenção da documentação, nem sequer possui os órgãos emissores em seu município, o que envolve grandes gastos com deslocamentos, possíveis erros na busca dos documentos (já que não há um padrão de solicitações ou de valores), assim como um grande desperdício de tempo, que atrasa a operação.

Por falar em tempo, muitas vezes a demora na obtenção dos documentos é tanta, que quando o produtor consegue reunir toda a documentação, é possível que um ou outro já tenha passado da validade. Há relatos de casos em que o produtor conseguiu todos os documentos, mas ao entregar para o time comercial do credor, foi necessário dar início a toda a operação novamente, que já tinha sido vencida pela demora na continuidade.

Com a documentação em mãos, o time comercial revisa e passa para o jurídico. Tudo acontece de forma manual, que gera riscos de perda de dados, extravio de documentos, erros e falhas de comunicação.

Quando os documentos finalmente chegam no time jurídico, é feita a pré-análise de cada documento, o que é suscetível a erros e riscos de fraudes, bem como um trabalho extremamente custoso e demorado (imagine revisar e buscar gravames em um grande volume de documentos que contém inúmeras páginas).

Em seguida, é realizada a análise do score de crédito, que, ao ser aprovada, leva para a contratação, que deve conter uma opinião legal e a assinatura do cliente.

Para finalizar, devem ser feitos os registros da CPR no Cartório de Registro de Imóveis e dos recebíveis nas registradoras autorizadas pelo Banco Central, que envolve diversas etapas morosas e burocráticas. Com isso, o time comercial é responsável por um contato constante com o cliente para obtenção de informações, fugindo de seu core business.

É preciso um monitoramento minucioso de cada etapa do processo, de forma a garantir renovação, fechamento e CDO (Collateralized Debt Obligation, em português, obrigação de dívida colateralizada).

Conseguiu perceber o quanto a CPR pode ser custosa? Agora vamos comparar como funciona o fluxo da CPR Docket.

Pesquisa desafios do Agro em 2021
Pesquisa sobre os desafios do Agro em 2021

Transforme toda a jornada de seu cliente com a 1ª plataforma 100% digital para CPR 

Desenvolvida para auxiliar bancos, tradings, cooperativas e instituições financeiras a otimizarem o fluxo da CPR, agregando valor aos seus modelos de negócios e melhoras no índice de satisfação do produtor rural, a CPR Docket é a primeira plataforma 100% digital para a emissão da CPR, de ponta a ponta. Ou seja, desde a busca da documentação do produtor até o controle das parcelas de recebíveis.

Compare:

Quando o produtor rural vai ao banco, trading ou cooperativa solicitar a abertura da cédula de produto rural, o time comercial da instituição financeira pode solicitar todos os documentos através da plataforma.

A partir daí, a CPR Docket já agrega valor ao modelo de negócios da instituição e melhora o índice de satisfação do produtor, aumentando as possibilidades de fechamento de contratos.

Caso haja alguma pendência na solicitação de documentos, é possível observar na plataforma com facilidade e resolvê-las na própria plataforma. 

A funcionalidade de rastreio de documentos traz uma linha do tempo que permite acompanhar o andamento das obtenções de documentos que, quando emitidos ficam centralizados na CPR Docket e disponíveis para download sempre que necessário.

Com a validação de CPF e CNPJ, é possível evitar solicitações duplicadas, pois indica automaticamente quando os documentos com os mesmos dados já foram emitidos ou solicitados.

A classificação de resultados positivos ou negativos dos documentos é feita de forma automática na plataforma.

Desenvolvida pelo laboratório de Inteligência Artificial da Docket, a R.E.A. (Real Estate Analysis) realiza a pré-análise e  leitura das matrículas emitidas através da plataforma, exibindo o gravame, página onde foi identificado, e extraindo dados do proprietário em menos de um minuto e com mais de 95% de confiabilidade.

O Gerenciador de Documentos centraliza todos os documentos relacionados à CPR, documentos acessórios e garantias, que permite o gerenciamento rápido, fácil e automatizado. Da mesma forma, a funcionalidade de Validade do Documento traz o dado de data de validade de cada documento, evitando qualquer risco de perda de prazos.

Com tudo certo para o seguimento da CPR, o time jurídico faz o upload do contrato, que é encaminhado para a assinatura digital do produtor via plataforma. Para isso, a CPR Docket conta com uma parceria exclusiva com a DocuSign, que garante a segurança e a validade jurídica da assinatura com certificado ICP-BR (é necessário que todas as partes possuam certificado digital ICP-BR).

O registro nos cartórios de Registro de Imóveis e na CERC Central de Recebíveis também acontecem automaticamente, diretamente via plataforma CPR Docket, de forma prática e sem deslocamento.

A CPR Docket também permite o controle total sobre o recebimento de todas as parcelas de recebíveis até a liquidação do ativo na central de recebíveis autorizada pelo Banco Central, através da plataforma Web.

Além disso, a plataforma envia relatórios automatizados a cada etapa do processo, otimizando o monitoramento e acompanhamento dos negócios fechados, dando muito mais visibilidade sobre as operações, assegurando os pagamentos, renovação, baixa e ESG.

Confira os resultados

Redução de até 80% no tempo de formalização da CPR e em torno de mil horas do time de back office, que pode focar nas prioridades e ações estratégicas da empresa;

Economia média em cerca de 30% no custo de formalização;

Melhora de, aproximadamente, 20% no índice de satisfação do cliente, que leva a um aumento por volta de 25% no fechamento de operações e crescimento ao redor de 15% nas taxas de conversão.

Além disso, os gastos com erros e documentos duplicados podem ser reduzidos em cerca de 20% e o tempo otimizado do time comercial gira em torno de 40%

Grandes empresas do agronegócio estão transformando a jornada da CPR com a Docket.

Experimente você também!


Buscar

Sobre a Docket

Somos uma startup que realiza a busca, gestão e pré-análise de documentos e certidões. Com tecnologia avançada e inovadora, otimizamos os processos jurídicos de empresas de vários segmentos. Atuamos como facilitadores para nossos clientes, pois reduzimos o custo e o prazo com demandas de documentação de todo o Brasil.

Na mídia

Conheça a Docket a startup que está revolucionando o mundo jurídico

Confira o que os principais meios de comunicação do mundo têm falado sobre a nossa solução e como a tecnologia da Docket tem revolucionado o universo jurídico e as operações que envolvem documentos.

Deixe um comentário:

Startup acelerada por:

Google Developers Launchpad
Empresa participante do Scale Endeavor Up

4º Lugar no
LinkedIn Top Startups 2018

Top Startups Linkedin Brasil 2018

Selecionada para o Ranking

100 Startupst to watch 2019

Startup investida por:

Kazek
Canary
ONEVC
Valor Capital
Wayra
Neste site usamos cookies para sua melhor experiência. Para mais informações, leia nossa Política de Cookies.
Cadastrado com sucesso!