Política de Cookies

Written by 16:37 Agronegócio, Bancos, Construtora, Operações

Influência do crédito na competitividade do Brasil

O processo para conseguir crédito no Brasil é extremamente burocrático e moroso, isso influencia na competitividade nacional. Entenda como neste artigo!

Influência do crédito na competitividade do Brasil
Influência do crédito na competitividade do Brasil
Saiba como o acesso ao crédito impacta na competitividade do Brasil.

TL;DR: O Brasil é o 124º colocado no ranking Doing Business do The World Bank de 2019, na classificação relativa à facilidade de fazer negócios. Ou seja, é um dos piores países para isso. Essa posição só mostra como a competitividade nacional está baixa e muito disso é por causa da falta de acesso ao crédito. 

O processo para conseguir crédito no Brasil é extremamente burocrático e moroso, além de não ser para qualquer pessoa. Hoje vamos falar como isso influencia nos novos negócios do país e no processo de inovação nacional. 

Como funciona o acesso ao crédito no Brasil?

A resposta mais acertada para essa pergunta seria: não funciona. Uma pesquisa da FIESP mostrou que, das 403 empresas que tentaram conseguir um financiamento com o BNDES, 45% não teve sucesso. O principal motivo foi o excesso de burocracia, como as exigências em relação à documentação e requisito de grandes garantias que os solicitantes não tinham no momento. 

Além desse, outros motivos citados na pesquisa foram problemas com a documentação, como os “CNPJ zumbis”, que elevam as taxas de juros por não ter uma Certidão Negativa de Débitos, a falta de relacionamento com o banco, visto que o solicitante não tinha uma conta ativa e redução do limite de crédito para financiamento. 

Quase todas as operações de crédito no Brasil estão centralizadas principalmente em quatro bancos. Isso torna o mercado concentrado e sem competitividade, com os pequenos e médios bancos, novos e digitais, com poucos mecanismos para oferecer crédito graças a concentração também de informações. 

Segundo a Endeavor, menos de 1% da população brasileira tem acesso ao mercado de capitais e a lista de empresas listadas na Bolsa de Valores como aptas para receber investimentos é de apenas 350 nomes. 

Para que serve a Certidão Negativa de Débitos (CND)

Como mencionamos esse documento, vamos explicar o que ele é e para que serve a Certidão Negativa de Débitos. Ele é emitido para servir de garantia de que uma pessoa física ou jurídica não possui débitos ou pendências. 

Resumindo, é comum que a CND seja solicitada em processos de licitações, empréstimos, cadastro e homologações como forma de comprovar que a pessoa possui boa índole ou condições financeiras satisfatórias para fechar um negócio. 

A evolução do mercado de crédito durante a pandemia (2020-2021)

Para tentar manter a atividade econômica nacional e a concessão de crédito pelos bancos em meio à pandemia da Covid-19, o Governo Federal e o Banco Central lançaram medidas provisórias, além de tentar evitar o aumento da inadimplência. 

Para as Pessoas Jurídicas (PJ), que bateram recordes em 2020-2021, o saldo de crédito evoluiu de forma considerável, acima de 25%, o que representa R$325 bilhões. Foi cedido um capital de giro para as maiores empresas, ajudando a mantê-las também em operação com R$200 bilhões.

Segundo o Governo e o BACEN, a inadimplência de grandes e médias empresas segue controlada e em baixos níveis históricos. Já para as micro e pequenas está sendo observado um aumento dos indicadores no atraso de pagamento nesse segmento, mas ainda está controlado. 

Um ponto que precisa de atenção é em relação ao alto patamar de comprometimento das rendas familiares, assim como o aumento do nível de endividamento. Para o Governo e o BACEN, ainda estamos em ambiente de muita incerteza e dependemos de mudanças no risco fiscal. Novas ondas de contaminação, ritmo de vacinação e alta de juros podem impactar o mercado de crédito nacional.

A retomada do ciclo de crédito

O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, mencionou em uma entrevista para o Valor Econômico que o “aumento da taxa de juros cobradas pelos bancos é consistente com a evolução da taxa básica de juros”. A partir dessa declaração, podemos perceber um momento de inflexão no mercado de crédito, um dos principais pilares da recuperação econômica do país.

Os programas emergenciais implementados em 2020 chegaram ao fim e, com isso, o ritmo de saldo de operações para empresas está desacelerando há alguns meses seguidos. Com a inflação e os juros em alta e as projeções para a atividade econômica perdendo força, o estoque para famílias ainda cresce com certa robustez. 

Brasil na lanterna do ranking de competitividade

Apesar dos esforços do Governo e do Banco Central para a retomada do ciclo de crédito, o Brasil ainda está longe de ser o lugar ideal para gerar inovação e se destacar no cenário global no ambiente econômico e social. 

O Brasil caiu uma posição em relação ao ranking de 2019, depois de quatro anos de avanço. Em 2020, foi o 57º colocado da lista de 64 países que formam o Anuário de Competitividade Mundial feito pelo IMD World Competitiveness Center. Nós podemos atribuir essa falta de presença em inovação pela grande burocracia envolvida no mercado de crédito. 

Linhas de crédito para empresas no Brasil

Veja algumas formas que você pode acessar o mercado de crédito brasileiro caso tenha interesse em expandir os seus negócios:

1. Empréstimo com garantia

O empresário oferece uma garantia de pagamento para evitar a inadimplência, é uma das modalidades mais comuns de crédito. Podem ser dados como garantia veículos e até imóveis, também chamado de home equity. Dessa forma, é possível conseguir valores maiores e taxas menores. 

2. Financiamentos

O financiamento é diferente do empréstimo, já que nessa modalidade ele é cedido com uma finalidade específica definida em contrato. As condições dependem do agente financiador, que negocia o prazo de pagamento e porcentagem do bem que o crédito cobrirá. 

3. Crédito para capital de giro

Esse tipo de crédito atende demandas de curto prazo, como pagamento de salários, fornecedores e aluguel. Pode ser contratado com a instituição financeira que a empresa possui conta-corrente. 

4. Peer to peer

O Peer to Peer (P2P) é uma linha de crédito por meio de plataformas digitais. Assim, investidores — pessoas físicas ou jurídicas — emprestam dinheiro diretamente para a empresa, sem a necessidade de um agente financeiro.

5. Antecipação de recebíveis

Muito comum para empresários que ainda não têm capital de giro, a antecipação de recebíveis é, como o nome sugere, receber antes do previsto o pagamento que já é da empresa. Por isso, é possível negociar juros mais baixos e um crédito mais barato e acessível.

6. Cooperativas de crédito

As cooperativas funcionam como um agente financeiro comum, com operações de cartões de crédito, financiamentos e empréstimos para capital de giro. O objetivo é o desenvolvimento regional pelo interesse da comunidade. 

Por serem organizações sem fins lucrativos, tem algumas isenções de impostos. Para ter acesso ao crédito, é necessário comprar uma cota e participar das decisões em assembleias como sócio.

7. Microcrédito

Essa modalidade é destinada principalmente a microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas jurídicas que não tem fácil acesso a empréstimos ou créditos convencionais. Por meio do microcrédito, é possível captar até R$20.000. 

8. Crédito BNDES para empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é uma opção no mercado de crédito com produtos exclusivos para micro e pequenas empresas. O limite máximo de crédito é R$500.000 a cada 12 meses, com prazo de 60 meses para pagamento e até dois anos de carência. 

9. Investidores-anjo

Os investidores-anjo são uma ótima opção para quem está buscando linhas de crédito para abrir uma empresa. Eles são pessoas físicas que investem em negócios com alto potencial de crescimento. Seja uma pessoa ou um grupo, eles receberão uma participação minoritária no empreendimento como contrapartida do acordo.

10. Financiamento coletivo

O financiamento coletivo também é uma alternativa para impulsionar um negócio já existente. O nome popular é “vaquinha”, você já deve ter ouvido falar. No Brasil, pode ser feita em plataformas online. Para fazer a solicitação, é só cadastrar seu projeto e estipular o valor a ser arrecadado, assim como o limite de tempo. 

Conheça o Shopping de Documentos 

Os bancos e instituições financeiras estão cada vez mais aumentando o nível de automação na originação de crédito, assim a burocracia das aprovações diminui e a segurança da operação aumenta. 

O Shopping de Documentos da Docket é a solução ideal para otimizar o tempo da sua equipe e a satisfação dos seus clientes, fechando mais negócios e tendo mais lucros. Na plataforma é possível centralizar toda a esteira de liberação de crédito com as funcionalidades de:

  • solicitação de documentos: faça a solicitação online da certidão que precisa e nosso time especializado faz a busca para você, o documento ficará disponível para download quantas vezes forem necessárias;
  • lista de pedidos: informações dos pedidos, como status, pendências, vencimentos e gravames;
  • alerta de pendências: receba um alerta se houver alguma informação incorreta ou faltante ao processar um pedido de documento;
  • recorrência automática: ao programar uma recorrência, seus documentos serão solicitados na Docket novamente de maneira automática, ideal para quem precisa solicitar os mesmos documentos com certa frequência;
  • interface de relatórios: acesse relatórios automáticos detalhados e gerencie seus documentos de forma simples e ágil.
  • centro de custo: controle total na alocação de recursos e a divisão de faturamento por áreas.

Tudo isso dentro e muito mais de um único lugar, sem correr o risco de que o solicitante do crédito atrase a documentação ou entregue fora de validade e com erros. 

A nossa solução é 100% digital e auxilia na sua jornada de documentação para liberação de crédito de ponta a ponta, permitindo fechar negócios mais rapidamente e dedicando o tempo do time de backoffice para ações mais estratégicas. Diminuímos a burocracia do processo, aumentamos a satisfação dos clientes e mais acordos são fechados, tudo isso com muita segurança!

Esses benefícios são incríveis e podem otimizar a sua esteira de crédito, mas não para por aí! Conheça todas as funcionalidades do Shopping de Documentos clicando aqui!

Visited 24 times, 1 visit(s) today