Written by 19:04 Documentos, Gestão, Operações

Como otimizar operações de M&A

M&A é a sigla para o termo Mergers and Acquisitions, do inglês, Fusões e Aquisições, um processo que consiste na negociação entre empresas ou cotistas com o objetivo de transferir parcelas sociais de determinada organização para o investidor em questão.

No Brasil, temos grandes exemplos de operações de fusões e aquisições, dos quais podemos destacar:

  • Coca-Cola e Leão Junior S.A.: em 2007, ao realizar a aquisição da Leão Júnior S.A., a Coca-Cola incorporou mais de 60 produtos ao seu portfólio, bem como as três fábricas de produção situadas no Rio de Janeiro, em Curitiba e Fernandes Pinheiro, no Paraná. Com o contrato de compra e venda fechado, a multinacional passou a distribuir o famoso refresco Matte Leão por todo o Brasil.
  • Suzano e Fibria: em 2017, a Suzano Papel e Celulose e a Fibria celulose eram duas gigantes da indústria papeleira. Da fusão entre as duas surgiu a corporação Suzano S.A., que atualmente está presente em mais de 80 países e conta com 11 fábricas apenas no Brasil, gerando quase 40 mil vagas de trabalho formais de forma direta e indireta.
  • Magazine Luiza e Netshoes: em 2019, a Magazine Luiza adquiriu a Netshoes com o objetivo de expandir seu mercado no varejo online de calçados, artigos esportivos e roupas, aumentando também sua base de clientes ativos dentro do principal segmento da empresa, que são eletrodomésticos, eletrônicos, telefonia e utensílios de casa e decoração, enquanto a Netshoes contava com grandes marcas, como Zattini. Desta forma, a atual Magalu tornou-se o segundo maior e-commerce do Brasil.

Sendo assim, as operações de Fusão e Aquisição são capazes de oferecer um crescimento exponencial para as empresas, com ganhos imediatos por meio da economia de escala.

Kit de documentos
Due Diligence

Como garantir a segurança no M&A?

Embora a operação de M&A possa parecer uma excelente forma de expansão e crescimento de marca, diversos fatores devem ser considerados antes da sua efetiva implementação, como rigorosas análises sobre a situação econômica e jurídica da empresa e do seu quadro societário, conforme mostra o passo a passo a seguir:

  1. Plano de execução: o plano de execução é desenvolvido com a finalidade de estabelecer quais as reais razões da realização do M&A, constatar os escopos dos principais produtos e tecnologias, identificar pontos críticos, conhecer melhor a empresa, sua cultura e as pessoas envolvidas, assim como definir prazos.
  2. Avaliação: a etapa da avaliação consiste em verificar a situação financeira, balanço, custos, volume de vendas e receita com o intuito de entender os benefícios e riscos da transação. 
  3. Valuation: traduzindo para o português, valuation significa avaliação. Neste caso, a avaliação acontece através de um modelo quantitativo que vai diagnosticar o valor da empresa e as possibilidades de transações, de acordo com os objetivos.
  4. Decisão: a tomada de decisão é realizada quando a liderança corporativa aponta benefícios e desvantagens da proposta.
  5. Negociação: os envolvidos buscam entrar em acordo sobre a estrutura da negociação e os valores.
  6. Due Diligence: com a proposta negociação em mãos, o próximo passo é também um dos maiores riscos de gargalos de toda a operação, já que uma série de documentos são necessários, abrangendo todo o histórico, presente e futuro da organização, bem como potencial de produtos, fornecedores e parcerias. Desta forma, o Due Diligence é uma investigação sobre a situação financeira, legal, fiscal e tributária.

A demora nos processos de M&A acarreta riscos que podem prejudicar a negociação. Por outro lado, diversas tecnologias podem contribuir para a otimização destes processos.

Com o Shopping de Documentos da Docket, é possível obter toda a infraestrutura necessária para a gestão de documentos inerentes às operações de Due Diligence para M&A, de ponta a ponta, em uma plataforma 100% digital, capaz de automatizar todos os processos e realizar a pré-análise dos documentos em menos de um minuto com quase 100% de acurácia, trazendo mais produtividade e segurança a cada etapa, redução de custos e de desperdícios.

Assista ao case da Veirano Advogados e veja a experiência de quem já desfruta dos benefícios da tecnologia da Docket em seus processos documentais.

Visited 1 times, 1 visit(s) today